Rigidez dielétrica e resistência química nos termo retráteis.

Se você não está habituado com o universo dos produtos utilizados para isolamento elétrico, nem com os termos técnicos do ramo da física e da engenharia, o título deste blog pode parecer um pouco complicado. Mas fique tranquilo, porque nosso objetivo aqui é deixar tudo bastante claro, objetivo e que possa ser compreendido por qualquer pessoa.

O QUE É rigidez dielétrica?

Rigidez dielétrica é a propriedade de alguns materiais em fazer oposição à passagem de corrente elétrica. Para simplificar e entender melhor esse conceito, vamos falar rapidamente da estrutura de um átomo.

Um átomo é formado por um núcleo onde ficam dispostos os prótons com carga positiva e os nêutrons com carga neutra, e em volta desse núcleo encontram-se os elétrons que possuem carga negativa. O fluxo ordenado de elétrons através de um material forma uma corrente elétrica, no entanto se os elétrons estiverem fortemente ligados ao núcleo, isto é, não estiverem livres, eles apresentarão dificuldade para se movimentarem. Esse processo é o que faz alguns materiais como a borracha, plástico, vidro e madeira, serem isolantes.

Os termocontráteis são compostos basicamente de um polímero chamado poliolefina, ou seja, uma espécie de plástico e portanto, é caracterizado como um isolante. Há termo tubos específicos para o uso em fios e barramentos de média e alta tensão, capazes de suportar uma tensão elétrica de 36 kV ou superior. Neste caso, os termo retráteis contam com uma parede muito mais espessa do que os tubos padrões, que suportam tensão de até 600 V.

Resistência a químicos e a óleos

Termo retráteis não possuem apenas um bom desempenho com eletricidade, alguns tipos de tubos possuem resistência a vários produtos químicos e também resistência a óleos, sem mencionar sua propriedade de retardo à chamas. Os termo tubos que possuem uma resistência maior ao calor, são capazes de suportar temperaturas de até 260 °C, além de temperaturas negativas de -80 °C.

O TAW, um tipo de termo retrátil disponibilizado no site da Termotubos, por exemplo, possui enorme resistência à corrosão de ácidos, alcalinos e outros químicos e é super resistente ao calor. Por esse motivo o TAW é comumente empregado na área da saúde, pois sua resistência permite que os tubos passem por processos de esterilização sem sofrer danos.

Além de todos esses fatores, os tubos termo retráteis da Termotubos são livres de halogênios e metais pesados, atendendo a diversas diretivas internacionais.

TERMO RETRÁTEIS SÃO TÓXICOS?

Essa é uma questão frequente entre os clientes, e a resposta é simples. O manuseio dos termocontráteis não oferece nenhum tipo de risco à saúde humana, pois eles não possuem odores fortes, nem liberam nenhuma substância química em contato com à pele.

para concluir

Vimos neste artigo o que é rigidez dielétrica e o que faz um determinado material ser um isolante, além disso, vimos que alguns termo retráteis são capazes de suportar altas temperaturas, resistir à corrosões de produtos químicos e são utilizados até mesmo no ramo da saúde. Entendemos também que apesar de todas essas capacidades, um termo tubo não é tóxico à saúde.

Aprofunde ainda mais seus conhecimentos sobre os termo tubos lendo outros conteúdos aqui do blog, e se você já conhece o produto e se interessou, dê uma olhada no site da Termotubos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.